Institucional Hackamore | Loja Online Hackamore

Fazendo a
Diferença Quem Somos

Nós, da Hackamore, acreditamos na possibilidade de existência de uma outra relação com o mundo. De uma relação que nos permita o resgate de uma experiência mais sensível e afetiva com as coisas, sem que, com isso, tenha mos ainda que nos esquecer das urgências e vicissitudes que a vida moderna nos impõe.

Queremos ouvir o que as coisas têm a nos dizer. Conhecer sua história, com preender sua matéria, seus ritmos, valorizando também a mão produtiva por trás de cada composição, o traço único por trás de cada forma, o processo de desenvolvimento específico que faz com que as coisas enfim tenham origem e se tornem o que são. Nossos profissionais são reconhecidos por sua excelência, ética, capacidade e entrega. Ao longo de suas respectivas carreiras, receberam inúmeros prêmios e reconhecimentos internacionais por sua atuação, incluindo “M&A Individual of the Year-Latin America” pela ILO-ACC-Association of Corporate Counsel-NY; e “Best Legal Department - Latin America, pelo International General Counsel Awards-NY.


Nossa
História Linha do tempo

1

- Desde que encontrou Mauro Taubman, criador da grife Company, por acaso na Garcia D’Ávila, o carioca Aloísio Teixeira, descobriu um ofício que carioca Aloísio Teixeira, descobriu um ofício que abraçaria com tanta vontade e talento que transformaria a percepção dos cariocas sobre o que deveriam usar nos pés. Surgia naquele momento uma experiência que culminaria anos e anos depois na criação da Hackamore Rio de Janeiro, grife de sapatos predileta de personalidades, que nasceu numa conversa de bar na Gávea, na Zona Sul do Rio.

- O começo na CIA dos PÉS, em parceria com Taubman, despertou em Aloísio a vontade de desenvolver uma linha de sapatos exclusivamente brasileiros. Até então não havia ninguém no país que desenhasse uma linha própria.

- Assim, junto com Taubman e Luiz de Freitas, Aloísio e mais um sócio lançaram a primeira coleção de sapatos para a Company.

- Logo depois, Taubman apresentou o top sider, febre dos anos 1980. Posteriormente, Aloísio saiu da sociedade para lançar vôo solo.

- Em pouco tempo, a carreira decolou. recebendo uma encomenda da Elle et Lui, que o chamou para confeccionar 10 mil pares de topsiders. Logo depois, foi convidado para desenvolver produtos para a Samello com apoio do Curtume Carioca.

- Em seguida topou uma nova empreitada de ir para Salvador lançando a Magic Shoes, que caiu no gosto dos moradores da cidade.

- À convite de um amigo de Brasília, montou a conhecida marca Cat Shoes no Distrito Federal.

1

- Em 2005, incentivado por amigos, Aloísio lançou a marca na Chocolate do Fashion Mall. No dia do lançamento venderam 150 pares de sapatos. 09. Algo tão bonito quanto os sapatos italianos e tão confortáveis quanto os tênis, que acabou servindo de semente para idealizar o novo negócio. Eram variações de modelos criados para o “Clube do Chulé”, fundado com amigos em um bar na Gávea.

- O sucesso fez com que Aloísio formatasse o projeto Hackamore Rio de Janeiro. O nome surgiu pelo amor aos cavalos. Hackamore é um dos instrumentos que permite que o cavaleiro dê o comando ao seu animal.

- Nesse período também conheceu Mário Soares, amigo de infância da sogra, ex-presidente da Cartier, e que acrescentou o nome "Rio de Janeiro" à marca.

- Em 2008 a primeira loja da Hackamore foi aberta em São Conrado, Zona Sul do Rio.

- Depois, Aloísio e seus sócios decidiram seguir caminhos diferentes. Aloísio e Valéria mudaram a Hackamore para o Shopping da Gávea junto da nova sócia Maria do Carmo Gusmão.

- Hoje, a Hackamore Rio de Janeiro tem clientes fieis que buscam a união de conforto, qualidade e beleza com bom atendimento.

- A marca investe todas as fichas na sustentabilidade com uma linha de sapatos desenvolvida com cola ecológica. E sua intenção é que sua empresa entre no seleto grupo de Carbono Zero.

- A Hackamore cresce de vento em popa. Agora, depois da sua nova loja em Ipanema, a intenção é abrir mais lojas no Rio: Leblon e Barra.